Os melhores cortes curtinhos para cabelo crespo!

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Sol, verão, calor, suor… Muito suor! Nessa época do ano, vivendo nua cidade quente como Natal,  a vontade de cortar o cabelo bem curtinho é quase inevitável. Mas, se você tem o cabelo crespo, já deve ter ouvido muitas vezes que o cabelo cacheado ou crespo não pode ser curto. Que vai armar, vai ficar feio, não vai ficar legal… E hoje a gente está aqui pra derrubar esse mito e mostrar vários cabelos crespos com cortes curtos e lindos para você se inspirar!

Na verdade, tudo que a gente sempre ouviu sobre cabelo e beleza com a sentença "Não pode" ficou pra trás. Estamos numa época de liberdade (ainda bem!) capilar onde tudo pode, basta você querer e se sentir bem.

Sobre os cortes curtos para cabelos crespos e cacheados, nossa sugestão é que você procure inspiração em cabelos que tenham uma textura parecida com o seu. Assim fica mais fácil chegar a um resultado que te encante.

Para os ondulados, as possibilidades são muitas! Você pode fazer um corte assimétrico, um curto com franja, uma nuca batida com volume no topo… Os ondulados são muito versáteis e, dependendo da maneira como você finaliza, eles ficam mais lisos ou mais cacheados. Aproveite o curto para brincar com essas possibilidades e usar o seu cabelo de formas diferentes todos os dias!



Para os cacheados, o mais legal é aproveitar a forma dos cachos para deixar o seu curtinho bem "bagunçado". Experimente jogar para um lado num dia, no outro usar o cabelo todo para trás… O legal do curtinho é que você vai finalizar o cabelo MUITO mais rápido e usar bem menos produto. Seu bolso agradece! :)



Já os crespos, são os reis dos curtinhos! Você não precisa de quase nada para ter um curtinho crespo cheio de estilo. Nosso preferido tem a nuca mais batida e um volume charmoso no topo da cabeça. Mas se você quer um pixie cut, com os fios beeeem baixinhos em toda a cabeça, também é uma opção super moderna!



Outra coisa legal do curtinho é que, se você está prestes a entrar em transição, essa pode ser a melhor saída para tirar o alisamento de vez. É como fazer um Big Chop sem passar por toda a jornada da transição. Já pensou nisso?

Quer agendar seu curtinho aqui no Café Salão? Acesse a nossa Agenda Virtual ou passe aqui antes pra tomar um café e conversar com Nalva sobre o seu corte :)

 

 

Um guia para fazer a sua Transição Capilar em 2019

Postado na categoria Blog Bula Beleza

A chegada de um novo ano é, para muita gente, um momento perfeito para começar um novo projeto ou colocar em prática alguma nova ideia. Se você quer aproveitar o começo do ano para se livrar do alisamento, vamos passar esse ano inteiro juntinhas aqui no blog! E, para isso, preparamos dicas a mês e a mês e um planner para você imprimir e ir organizando a sua transição ao longo do ano.

A primeira coisa a ter em mente é que você vai precisar de paciência. Em seguida, de um pouco mais de paciência e, quando você achar que tá bom, adiciona um tiquinho mais de paciência, ok? =)

Isso porque a Transição Capilar é um período longo, de muita expectativa e uma montanha russa de emoções. Então a melhor maneira de fazê-la é dando pequenos passos, mês a mês, e curtindo a jornada. Vamos lá?

JANEIRO - Prepare o terreno
O cabelo não é um objeto isolado do seu organismo. Nossa alimentação e estilo de vida influenciam - e muito - a saúde dos nossos fios. Então, já no comecinho do ano, pense em ter uma alimentação mais saudável, incluindo mais legumes e vegetais na sua dieta. Isso vai fornecer mais vitaminas, fortalecer os seus fios de dentro pra fora e ajudar no crescimento deles.
Outra preparação importante é a emocional. Se puder, faça terapia. Compartilhe com sua (seu) terapeuta esse momento da transição e o que isso significa pra você. Se você não puder ou não quiser fazer terapia, reserve momentos para falar consigo mesma durante a semana. Se pergunte sobre a transição, por que você quer fazê-la, como você se sente em relação a isso, como era a sua relação com o cabelo antes do alisamento, como e quando começou a alisar? Autoconhecimento é uma arma poderosa para se manter forte e serena durante a sua transição.

FEVEREIRO - Crie uma rotina de tratamento
É importante ir tratando os seus fios ao longo da jornada. Mesmo que o cabelo não volte à sua forma original, hidratações e nutrições amenizam o ressecamento e vão cuidando melhor do cabelo novo que está nascendo. Massagear a raiz com óleos de tratamento vai estimular o crescimento e fazer um carinho nesse cabelo novo que está surgindo.
Você pode fazer um cronograma capilar para se organizar melhor com os tratamentos. Já falamos sobre isso aqui, dá uma olhada (link para o post do cronograma capilar)

MARÇO - Hora da tesoura
Depois de uns três meses livre do alisamento, recomendamos cortar um pouco as pontas. Isso vai ajudar no crescimento dos fios e também te ajudar a lidar melhor com as duas texturas do cabelo
Lembre-se que não é uma boa ideia passar pela transição fazendo chapinha. Você pode não estar alisando quimicamente, mas o calor da chapinha promove o que chamamos de alisamento mecânico, que é quando o excesso de calor, aplicado com muita frequência, deforma os fios. Alguns cabelos são mais resistentes e não sentem tanto o efeito do calor, mas se você está fazendo todo esse sacrifício para ter um cabelo saudável, não vale a pena correr esse risco ;)

ABRIL - Teste novas finalizações
Procure vídeos na internet, converse com pessoas que passaram pela transição, leia o blog do Café salão, venha tomar um café aqui no salão… Tudo para buscar inspiração e testar novas finalizações no seu cabelo.
É uma situação nova, um cabelo que você não conhece, com texturas diferentes… Aproveite esse tempo para experimentar e testar novas maneiras de usar o seu cabelo.

MAIO - Descubra o poder dos acessórios
Cinco meses sem alisar, uau! Aqui já deve estar bem difícil lidar com a situação, mas você pode usar acessórios como aliados. Faixas, tiaras, turbantes… Não tenha medo de experimentar e descobrir o que pode dar um up na sua autoestima neste momento.
E parabéns por ter chegado até aqui!

JUNHO - Hora da tesoura
Chegamos à metade da jornada! Quando você não aguentar mais, é hora de cortar mais um pouquinho. Isso vai realçar o cabelo natural que está mais próximo à raiz e te deixar mais animada para continuar.
Se você achar que vale a pena, já pode fazer o Big Chop aqui! Mas se ainda não estiver pronta, tem mais alguns meses à frente para se preparar.

JULHO - Quebre alguma regra/ se desafie
Lembra de quando você começou? Como tinha medo, não sabia o que fazer e era apegada à sua imagem antiga? Está na hora de quebrar regras e se desafiar. A gente sabe que não é fácil, mas faz parte do processo.
Tire selfies, passe horas em frente a espelho, use aquele batom que você ama e experimente usar o cabelo de um jeito que nunca usou antes. Mesmo que ele não esteja ainda do jeito que você quer, valorize cada centímetro de raiz sem alisamento que você conquistou até aqui!

AGOSTO - Crie rotinas gostosas / faça SPA em casa
Estamos mais perto do fim do ano e você tem construído uma relação nova com o seu cabelo. Aproveite essa jornada de autoconhecimento para criar rotinas gostosas. Reserve um dia na semana para cuidar de você mesma. Além da hidratação do cabelo, faça um SPA em casa: faça uma automassagem, cuide da pele, das unhas… Pense em você e na sua trajetória, use esse momento como um pausa para o seu autoconhecimento. No fim você vai entender que não é só sobre cabelo...

SETEMBRO - Abrace todas as texturas
Olha que textura linda surgiu ali perto da raiz do seu cabelo! A gente sabe que muita gente tem dificuldade de lidar com as várias texturas durante a transição, mas agora, pertinho do fim do ano, você já sabe que o Big Chop está próximo. Então, enquanto ele não chega, que tal abraçar as texturas diferentes do seu cabelo?
Use a juba solta, não foque no que você acha que precisa melhorar, seja grata pelo cabelo novo que está chegando!

OUTUBRO - Se aventure nos penteados
Você tem usado o cabelo sempre do mesmo jeito ou explora várias possibilidades? Vamos dedicar o mês de outubro a aprender e colocar em prática penteados e novas formas de usar o cabelo? As possibilidades são muitas e, às vezes, por pura preguiça ou comodismo, acabamos usando o cabelo sempre do mesmo jeito.

NOVEMBRO -Trabalhe as expectativas / agende seu Big Chop
O fim do ano está chegando! Aproveite para fazer muitas fotos e registrar a sua transição, pois em breve você estará com um cabelo novinho por aí! Também é hora de trabalhar as expectativas. Lembre-se que você está passando pela transição para ter o cabelo natural, um cabelo que é só seu, com suas particularidades e seu jeitinho. Não tenha expectativa de ter o cabelo da sua amiga ou de uma influenciadora que você segue.
Não pense no cacho perfeito, no volume ideal… Pense que, na sua cabeça, como uma coroa, vai surgir um cabelo que a natureza desenhou só pra você! (E aproveite para agendar o seu Big Chop ainda este mês, pois em dezembro o Café Salão costuma lotar! :) 

DEZEMBRO - Hora da tesoura!
Parabéns por ter chegado até aqui! É hora do seu Big Chop! Agora é só curtir o cabelo novo \o/
Lembre-se que, mesmo após o Big Chop, ainda podem haver estragos do alisamento. Tem um post ótimo sobre Scab Hair aqui no blog (link pro post sobre scab hair). Depois do Big Chop você começará uma nova jornada de (re)conhecer um cabelo que você não vê há muito tempo. Então se dê tempo para se acertar com essa nova pessoa que você vê diante do espelho.

Outros cortes virão e seu cabelo vai ficar cada vez mais forte e saudável <3

Para ajudar no seu processo, baixe o planner gratuito que fizemos para você clicando aqui:

Cachos x Coloração – Tudo que você precisa saber antes de mudar a cor do seu cabelo crespo!

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Os cabelos crespos e cacheados são mais sensíveis e fragilizados por natureza. A oleosidade natural dos fios tem mais dificuldade de chegar às pontas e o cabelo é bem mais delicado que o cabelo liso. Colorir o cabelo é um processo químico que mexe com a estrutura do fio e pode causar danos severos à fibra capilar. Então já deu pra perceber que a relação cachos x coloração muitas vezes é meio tensa, né?

Mas isso não quer dizer que as crespas e cacheadas não podem pintar o cabelo! Você só precisa preparar bem os fios e tomar alguns cuidados ;)


Antes de pintar o cabelo, observe bem como estão os seus fios. Eles estão quebradiços, ásperos ao toque e ressecados? Sinal vermelho! Se você pintar o cabelo nessas condições é bem provável que o dano seja irreversível: Os fios podem ficar elásticos e você pode perder os cachinhos.

Antes de partir para a coloração, é melhor tratar. Comece pela hidratação, que é a base de todos os tratamentos capilares. Em seguida monte um cronograma capilar para deixar os fios bem saudáveis! (Se você não sabe como fazer o cronograma, dá uma olhada nessa material que postamos aqui no blog).



Lembre-se de conversar com o seu cabeleireiro sobre os produtos que ele usa na coloração. Fale sobre as fragilidades do seu cabelo e peça para que ele use um método que seja o menos agressivo possível. Alguns fios precisam ser descoloridos, outros não. Vai depender da cor e da estrutura do seu cabelo e do resultado que você deseja atingir. Mesmo assim, existem no mercado várias colorações que já têm tecnologia para não agredir tanto os fios – e algumas que têm ótimos tratamentos pós tintura, que começam a recuperar o cabelo ainda no salão.

Se você já teve experiências ruins com descolorante anteriormente, peça para o cabeleireiro fazer um teste em uma mecha escondida, mais próxima à nuca. Veja como o cabelo reage, se quebra, se o cacho fica deformado... É uma boa para quem já passou por uma experiência ruim e quer ter um pouco mais de segurança antes de pintar o cabelo inteiro.

Não esqueça de pedir uma hidratação logo após a coloração. Esse primeiro tratamento é importantíssimo para você não voltar pra casa com o cabelo super áspero.

Passado o procedimento no salão é hora de dar continuidade em casa! Nos primeiros dias o seu cabelo pode estar ressecado e até um pouco elástico por causa da tintura. É hora de investir na reconstrução, que vai repor massa capilar. Procure por mascaras que contenham queratina e faça a reconstrução com um intervalo de, pelo menos, 15 dias entre uma e outra. Intercale a reconstrução com hidratação e em pouco tempo seus cachinhos voltarão ao normal!

Ficou alguma dúvida? Marque um horário no Café Salão pra conversar com a gente! :)

 

Cabelo ressecado e sem forma após o big chop? Pode ser scab hair!

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Para muita gente o Big Chop não é o fim da transição capilar e, mesmo depois de cortar toda a parte alisada, o cabelo ainda continua com um aspecto estranho. Isso pode acontecer devido a vários fatores, mas o mais comum é o Scab Hair.

A expressão “scab hair”ganhou fama na internet graças às blogueiras gringas que passaram pela transição e narraram em seus blogs. O termo quer dizer algo como “cabelo em cicatrização” e as meninas o usam para definir um cabelo de aspecto áspero, poroso e sem forma, que pode aparecer logo após o big chop.

De tanto aparecer em posts de blogs e na experiência pessoal de tantas crespas, o scab hair passou a ser estudado e dividir opiniões. Alguns estudos apostam que ele não existe, pois a química não age no bulbo dos fios e não tem poder de mudar a estrutura do fio que ainda vai nascer.

Mas outros estudos apontam que a química pode causar feridas e queimaduras no couro cabeludo e na pontinha dos fios que estão para sair. Sendo assim eles já nascem com as pontas super danificadas - por isso é tão comum o scab hair aparecer no topo da cabeça.

O fato é que é muito comum que isso aconteça e identificar o problema é a primeira parte para o tratamento. Nem todo cabelo ressecado é scab hair, então você tem que observar bem se o problema não é somente um ressecamento comum ou um bad hair day.

Mas, digamos que você identificou essa massa de cabelo disforme na sua cabeça, esperou uns dias finalizou de forma diferente e nada mudou. O que fazer?

A melhor notícia é que o scab hair é passageiro. Essa parte do cabelo estava muito próxima à raiz quando você fazia alisamento e agora ela já está nas pontas. Com mais alguns cortes você estará totalmente livre dela!

Enquanto isso, faça umectações com óleos vegetais massageando bem a raiz para que o seu cabelo cresça mais forte e saudável. Hidratar os fios também é importantíssimo e aqui, mais uma vez, destacamos a importância do cronograma capilar.

Por ultimo, muita paciência! Foram anos de química, então é mais do que natural que seu cabelo precise de um tempo pra se recuperar :)

 

 

 

 

 

Cortei! E agora? – Como cuidar cuidar do cabelo depois do Big Chop

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Você passou pela transição, se preparou para o corte, encarou a tesoura, mandou o alisamento embora, mas… O seu cabelo ainda não está exatamente como você esperava? Saiba que isso é super normal e acontece com (quase) todo mundo!

A primeira coisa que você tem que levar em consideração é que o processo de recuperação do cabelo não termina assim que você elimina as postas lisas. Estudos mostram que a química alisante, quando usada durante longos períodos, penetra no bulbo capilar e “adoece” os fios antes mesmo que eles comecem a crescer. Então vai demorar ainda algum tempo para que o seu organismo se livre por completo das consequências dos alisamentos. Isso varia de pessoa para pessoa. Algumas saem do Big Chop com o cabelo incrível, outras demoram um tempo a mais para recuperar toda a beleza do cabelo natural.

O importante é entender que o processo tem várias fases e se permitir viver cada uma delas sem martírio. E tem algumas coisinhas que podem ajudar…

Já falamos sobre Cronograma Capilar aqui e até deixamos um link para você baixar o seu arquivo e montar o seu próprio cronograma. Ter esse esquema de tratamento vai te ajudar a não esquecer dos cuidados que o seu cabelo precisa. Hidratação é a base de tudo. Depois dela você pode testar também umectação e reconstrução e ver como o seu cabelo reage.

Monte o seu cronograma colocando o seu tratamento preferido pelo menos uma vez por semana. Não esqueça de eliminar shampoos que ressecam muito o cabelo e de procurar um leave-in bem hidratante par ate acompanhar no dia a dia. Assim o cabelo vai crescendo mais forte e saudável e em breve estará na sua melhor fase!

Encontrar a melhor maneira de finalizar o seu cabelo vai demandar tempo, paciência e MUITOS testes. Existem várias maneiras de finalizar e você deve testar de tudo até encontrar o que dá certo pra você. Procure vídeos no Youtube, leia blogs, encontre meninas com o cabelo parecido com o seu e observe o processo que elas fazem nos fios. Depois teste tudo no seu cabelo, sem preguiça! Cada vez que você molhar o cabelo, tente uma finalização diferente, até encontrar aquela que é perfeita pra você.

E lembre-se: Com o tempo o seu cabelo vai mudar e a maneira de finalizar vai ter que mudar também. Então nada de preguiça ou desânimo… Sinta a textura dos seus fios, passe a mão, experimento coisas novas… Afinal, ninguém melhor que você para conhecer o seu próprio cabelo!

Sabe aqueles dias em que você não consegue arrumar o cabelo de jeito nenhum? Eles são ótimas oportunidades para usar lenços, turbantes, tiaras, presilhas e outros adereços. Experimente acessórios diferentes e coisas que você nunca usou antes. Esta fase é ótima para descobrir coisas novas e explorar essas possibilidades vai dar um up na sua autoestima!

Seu cabelo está se modificando a cada dia e o melhor é que, independente de como ele está agora, ele vai crescer e essa fase vai passar! Curtir cada momento e perceber as mudanças no seu cabelo é indispensável para que você entenda a dinâmica dos seus fios, como eles se comportam e qual a melhor maneira de cuidar deles :)