Conheça os tipos de cabelos e aprenda a cuidar de cada um deles

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Você já ouviu falar em cabelo 2C, 3A, 4B e ficou completamente perdida sem saber do que se tratava? Hoje vamos falar sobre essa tabela de classificação par ate ajudar a entender em qual grupo o seu cabelo se encaixa.

Mas pra que isso serve? Bom, apesar de não ser uma coisa muito precisa, ter uma noção de onde os seus fios se encaixam nessa classificação pode te ajudar a cuidar melhor deles!

Vamos lá?

Os cabelos do tipo 1 são os lisos. O 1A é aquele liso extremo, super fininho, sem volume, que a gente costuma ouvir que é “cabelo de bebê”. Não segura penteado, não modela, você arruma e daqui a pouco está super liso de novo. A dica pra esse tipo de cabelo é não usar nada que tenha óleo mineral, parafina ou produtos que pesem nos fios.

O cabelo 1B é liso, mas já tem um pouco mais de balanço. As pontas podem ter uma leve ondulação e geralmente é um cabelo fácil de lidar. Manter a hidratação e o corte em dia para fugir das pontas duplas é suficiente.

O 1C é aquele liso do fio bem grosso. E, por isso, mais rebelde. Ele arma com facilidade e muitas vezes as meninas se incomodam com o excesso de volume. É um liso que nunca está arrumadinho e a melhor maneira de lidar com ele é não forçá-lo a ser um liso extremo. Use mousse, spray salino e outros texturizadores para estimular as ondas e aproveite o volume! Cabelo volumoso é vida!

O cabelo do tipo 2 é ondulado. O 2A é aquele cabelo “capa de revista”, que parece o da Gisele Bundchen. Ele tem ondas marcadas e aquela cara de “fui à praia e voltei assim”. Muitas meninas que têm esse cabelo acabam fazendo alisamento porque não sabem lidar com esse tipo de fio. Elas pensam “ah, meu cabelo não é liso nem cacheado, não sei o que fazer”. Abandonar os alisamentos e reencontrar os fios naturais pode trazer uma linda surpresa!

O tipo 2B é aquele ondulado que começa a querer formar cachos. Quando estimulado, a tendência é que ele fique cada vez mais próximo do cacheado. Para isso você tem que tratá-lo como um cacheado e não como um liso! Não pode pentear seco, tem que usar leave-in e amassar com ele molhado deixando secar naturalmente. Fica lindo!

O tipo 2C já é bem próximo de um cacheado, mas ele forma um cacho com um formato de S e não um espiral completo. Opte por leave-ins que sejam leves e não pesem nos fios. Muitos cremes para cabelo cacheado são muito hidratantes e acabam deixando um cabelo 2C oleoso e sem volume.

Chegamos aos cabelos tipo 3, os cacheados. O 3A é aquele cacho que parece uma molinha. Um espiral completinho, bem redondinho. Os fios são finos e quebram com facilidade. Só desembarace o cabelo molhado e com creme! Depois de finalizado, espere secar e quebre o leave-in amassando os cachos.

O 3B tem o cacho bem formado, mas um pouco mais apertado que o anterior. Essa diferença vem do fio mais grosso, que deixa o cachos mais fechadinho. É um cabelo que funciona bem com fitagem e cremes um pouco mais hidratantes.

O 3C tem o cacho bem apertadinho e pequenino. É um cabelo lindo e você precisa perder o medo do volume para apreciar toda a sua beleza! Invista em um bom corte para esculpir os seus caracóis, não descuide da hidratação e seja feliz!

O tipo 4 é o cabelo afro e suas variações. São fios bem frágeis, que quebram com facilidade. Para crescerem fortes e sem quebra, precisam de muita hidratação e por isso os óleos naturais são seus melhores amigos! Também é bom se manter longe dos shampoos com sulfato, que agridem os fios e tiram a pouca oleosidade natural que esse cabelo tem. O 4A tem o cacho bem apertadinho. É um crespo que tem malemolência – você balança a cabeça e as mechas acompanham. Nem sempre dá pra fazer um black power porque as mechinhas crescem pra baixo. É um cabelo que “segura” bem os cachos e você consegue ter bons day afters se ele estiver forte e saudável. Por isso já sabe: hidratação, hidratação e mais hidratação!

O 4B tem as mechas em formato de zigue-zague, e o cabelo fica um pouco mais armado do que os fios do tipo 4A. Já dá pra explorar essa estrutura em cortes que deixem o cabelo mais pro alto, formando uma bela coroa para uma rainha crespa poderosa! Jogue o pente fora, você só precisa dos seus dedos para desembaraçar esse cabelo – sempre molhado, no banho, e com bastante condicionador. Finalize com leave-in e algumas gotinhas de óleo de coco!

O tipo 4C é o cabelo super crespo, que não forma cachos. Essa falta de definição não é um problema - muito pelo contrário! Com o corte perfeito você consegue explorar essa estrutura linda do cabelo afro, seja com um black power incrível ou com um comprimento mais longo formando uma moldura linda para o seu rosto. Assim como o 4B ele não precisa de pente e os produtos com base bem hidratante, como macadâmia e abacate, são os seus melhores amigos!

E aí, conseguiu identificar o seu tipo de cabelo? O mais comum é que a gente tenha vários tipos de ao mesmo tempo. Umas mechas mais crespas, outras mais lisas... O importante é ir conhecendo o seu cabelo aos poucos e aprendendo a cuidar dele.

E se você quiser saber mais e tirar todas as suas dúvidas ao vivo, é só se inscrever na experiência “Cabelo, Cabeleira, Cabeluda, Descabelada” que vai rolar aqui no Café Salão no sábado, dia 07.05! Corra e garanta a sua vaga fazendo a inscrição neste link >>> http://bit.ly/1qTzD0u

Se você preferir também pode se inscrever ligando direto aqui para o Café Salão (3212-1655)