Inspirações de penteados para cabelos crespos e cacheados

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Você já deve ter ouvido falar que cabelo cacheado não é muito versátil porque você tem que usá-lo sempre do mesmo jeito, né? Mas isso é uma grande besteira! Nada é mais versátil do que um cabelo natural, que não precisa do calor do secador para se transformar em vários looks diferentes! Vamos ver?

Básico dos básicos, o coque é perfeito para quando você mudar o visual sem muito trabalho. É só colocar pro alto e prender! A dica para as cacheadas é não apertar muito a torção do coque, para que os cachos não desmanchem. O coque com cabelo cacheado fica bem mais interessante quando é mais frouxo, deixando que a textura dos cachos dê um toque especial ao visual!


Esse também é super fácil! Basta prender somente uma parte do cabelo e deixar o restante solto. Se o seu cabelo for crespo, vai ficar um meio abacaxi lindo! E você pode também fazer um coque na parte presa, deixando o visual moderno e super diferente ;)
O preso lateral é um charme! Prenda uma das laterais do cabelo com uma presilha ou com grampos e deixe o restante solto. Acentue o volume da parte solta com um pente garfo ou sacudindo a raiz do cabelo. Vai ficar um contraste lindo entre a parte presa e o volume do outro lado do rosto!
Esse é um penteado que você pode fazer mil vezes e uma vez nunca vai ser igual à outra! Consiste basicamente em ir prendendo com grampos mechas aleatórias do seu cabelo, moldando-o em volta do rosto. Fica um luxo, perfeito para uma festa! É fácil de fazer e o efeito é tão bonito que nem vai parecer que você fez sozinha. Você pode pensar que não vai acertar, mas é pura prática! Que tal tentar hoje? ☺

Outra opção super chique e com cara de festa é o cabelo todo pro lado, ao estilo Veronica Lake. Tudo bem que a diva dos anos 40 não tinha cachos, mas o estilo combina perfeitamente com os caracóis. Basta colocar o cabelo todo para um lado e prender com grampos. Você pode deixar os fios soltos, num estilo femme fatale, ou prender num coque baixo, para um look mais angelical.


E você ainda pode explorar os acessórios! Lencos, turbantes, tiaras, laços… Pega uns grampos, levanta umas mechas, arremata com um lenço.. Pronto! Olha que lindos esses três looks…

Agora você não tem mais desculpas para usar o cabelo sempre do mesmo jeito! 

Dicas para ter um Day After dos sonhos!

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Você finaliza o cabelo, ele seca com os cachinhos que você ama, a cabeleira passa o dia lindíssima e você vai dormir feliz. Mas toda essa felicidade vai por água abaixo quando você acorda e o cabelo está uma bagunça? Então vem cá que vamos conversar sobre o temido Day After!

Nosso truque preferido é preparar uma misturinha para usar no cabelo pela manhã. Coloque uma quantidade pequena do seu leave-in favorito num borrifador, misture com soro fisiológico ou água filtrada (a água da torneira pode ter muito cloro e nem sempre é uma boa opção) e uma tampinha de Bepantol. Prefira um borrifador escuro ou de material que não deixe passar luz, pois alguns produtos podem perder a eficácia quando expostos à luz.

Quando acordar, vá borrifando essa misturinha nas partes do cabelo que precisam de mais revitalização. Amasse para estimular novamente os cachinho e deixe secar naturalmente.

Outra coisa que ajuda bastante é a forma como você protege os seus cachos para dormir. Nós adoramos o coque abacaxi, que coloca o comprimento do cabelo todo pra cima, deixando somente a parte de baixo dos fios em contato com o travesseiro. Funciona para cabelos de médio a longos e deixa os cachos intactos!

E vale lembrar, , que a fronha de cetim é a melhor amiga das cacheadas! Os tecidos de algodão “roubam” a umidade dos fios, causando frizz. Já a fronha de cetim desliza melhor pelos cabelos e não tem esse efeito em relação à umidade.

Por último, é sempre bom lembrar que o que mais ajuda a ter um Day After incrível é ter o cabelo saudável. Se você está em transição, se tem química, mechas, ou qualquer outra coisa que modifica a fibra natural dos fios, fica mais difícil manter os cachos perfeitos após o contato com o travesseiro.

Se você está em transição e tem dificuldades com o Day After, a gente recomenda muita paciência! Quando os fios estiverem saudáveis vai ser muito mais fácil acordar com os cachinhos do jeito que você sempre sonhou!

 

5 Acessórios preciosos para quem tem cabelo crespo, cacheado ou ondulado

Postado na categoria Blog Bula Beleza



Além dos produtos específicos para fios crespos, cacheados e ondulados, esses cabelos também precisam de alguns acessórios para manter os fios sempre lindos e saudáveis. Isso porque a estrutura do fio encaracolado é totalmente diferente da dos lisos e os acessórios do seu dia a dia também precisam ser especiais!

Fizemos uma listinha com 5 itens que podem ajudar na sua rotina cacheada e transformar o seu cabelo!

1- Pente de dentes largos: O primeiro mandamento para ter um cacheado saudável é nunca – mas NUNCA mesmo – pentear o cabelo seco. Seu cabelo só deve ser desembaraçado bem molhado, com algum creme de pentear para amaciar os fios. E o melhor pente para fazer isso é aquele de dentes bem largos. Toda cacheada precisa ter um! E se você for crespa, talvez nem precise do pente e possa usar apenas os seus dedos para desembaraçar o cabelo. Experimente!

2- Toalha de microfibra: A toalha convencional é uma das maiores causas do frizz nos cabelos crespos. Use uma toalha de microfibra para secar os cabelos – sempre tirando o excesso de água sem esfregar e amassando os fios de baixo pra cima para ajudar na formação dos cachos.

3- Difusor: Esse é para aqueles dias em que você quer cachos mais definidos, ou para os dias frios, quando o cabelo demora muito a secar. O difusor é acoplado ao secador e espalha o ar aquente pela superfície dos fios, ajudando na secagem. Você deve usar o secador sempre com a velocidade baixa e o ar não muito quente para não danificar o cabelo. O difusor da foto é a famosa “mãozinha” da Deva Curl, que usamos aqui no Salão. Mas é bem fácil encontrar difusores tradicionais em qualquer loja de produtos de beleza. Vale a pena ter o seu!

4- Fronhas de cetim: Uma das maiores queixas das cacheadas é o Day After! Você vai dormir com o cabelo lindo e acorda com os cachos destruídos. Isso pode ser resolvido trocando a sua fronha tradicional de algodão por uma fronha de cetim! O algodão “rouba” a umidade natural dos fios e causa o frizz. Já a fronha de cetim mantém a umidade do cabelo, desliza melhor pelos fios e ajuda a manter os cachos intactos. Vale a pena levar o tecido à costureira e pedir para ela fazer algumas fronhas. Teste algumas noites e note a diferença!

5- Borrifador – Esse é um item indispensável para ajudar a dar um up nos cachos no Day After ou quando você precisar ao longo do dia. Misture um pouco do seu leave-in preferido com um pouco de água filtrada ou soro fisiológico e deixe no borrifador. Quando precisar é só borrifar a misturinha no cabelo, dar uma amassadinha e pronto! Só um detalhe: Faça apenas a mistura que vai usar no dia e não guarde o resto pois o creme pode ter as propriedades alteradas ao ser misturado com outro produto.




 

Como cuidar do cabelo cacheado depois do treino

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Toda cacheada que pratica exercícios físicos vive um dilema: como manter a rotina da academia sem destruir os cachos? Se lavar o cabelo todos os dias pode acabar com os caracóis, o que fazer com a cabeleira suada depois de cada treino?

A solução é bem simples: Escolha um produto que limpa o cabelo sem ressecar! Isso quer dizer, deixe o shampoo de lado no dia a dia e opte por um higienizador em creme como o No Poo da Deva Curl.

A aparência dele é de um condicionador, mas o higienizador em creme tem agentes botânicos que limpam o cabelo e removem a sujeira do dia a dia e o suor do couro cabeludo, isso tudo sem agredir os fios como faz um shampoo comum. Você deve aplicar em movimentos circulares massageando o topo da cabeça. Depois é só enxaguar e finalizar como de costume.

Se você já conhece a rotina No Poo e já pratica, você está familiarizada com esse produto (Se você nunca ouviu falar da técnica, leia essa matéria que publicamos anteriormente). E mesmo que você não siga a rotina No Poo, o higienizador em creme pode ser a sua opção para o dia a dia, desde que você complemente a rotina lavando o seu cabelo com o seu shampoo normal no fim de semana.

Agora, se você não abre mão de shampoo e lavar com cabelo com espuma, escolha pelo menos um shampoo sem sulfato para que esse processo diário não seja tão agressivo.

Ah e mais uma dica importante: Na hora de prender o cabelo para malhar, não use elásticos muito apertados! Eles podem arrebentar os fios e deixar o seu cabelo com aspecto quebradiço. Opte por enrolar o cabelo e prender com uma piranha, ou fazer um coque abacaxi assim:

PS: O blog de hoje teve essa “inspiração esportiva” porque no próximo sábado nossa querida Nalva Melo vai ser uma das condutoras da tocha olímpica em Natal! Ela foi escolhida pela história do Café Salão e pela luta diária pela revitalização da Ribeira com um espaço que promove arte, beleza e boemia na cidade. Que orgulho! 

Tudo que você precisa saber sobre cronograma capilar

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Estamos vivendo um momento muito legal, onde as pessoas têm falado muito sobre cabelo natural. São vários blogs, matérias em revistas, grupos nas redes sociais… E se você acompanha essas publicações já deve ter ouvido falar em Cronograma Capilar. Notamos que muitas das nossas clientes têm dúvidas sobre o que seria esse cronograma e como fazer. Então vamos conversar um pouco sobre isso?

O cronograma capilar nada mais é do que uma rotina de cuidados com o cabelo. Existem muitas máscaras capilares no mercado, mas elas não têm a mesma função. Algumas servem para hidratar, outras para nutrir e outras para reconstruir. O cronograma capilar é uma espécie de agenda, onde você se organiza para usar esses diferentes tipos de tratamento no seu cabelo. Mas, antes de organizar a sua, vamos saber a diferença entre cada um deles?

A função da hidratação é repor água nos fios. A hidratação é a base de qualquer cronograma, pois mesmo que o seu cabelo seja super saudável é natural perder água no dia a dia devido ao contato do cabelo com o ambiente externo, sol, poluição, etc. É importante também frisar que a hidratação do nosso corpo acontece de dentro pra fora e que, quanto mais água você beber, mais hidratado seránão só o seu cabelo, mas a sua pele e todo o seu corpo! Por isso não descuide da água e da alimentação saudável! Voltando às máscaras de hidratação… Procure no rótulo por ingredientes como aloe vera (babosa), vegetais, pantenol, vitaminas ou glicerina. Eles são ótimos para hidratar os seus fios!

A reconstrução repõe a proteína do fio de cabelo. Ela deve ser feita naquelas situações em que o seu cabelo está ralo, sem vida, elástico e quebradiço. Sabe quando você faz uma descoloração e parece que o cabelo ficou mais fino? Ele sofreu uma perda de proteína e é justamente isso que a reconstrução repõe. As máscaras de reconstrução possuem queratina, colágeno, arginina ou creatina em sua composição. Elas reestruturam a fibra do cabelo e pode deixar os fios duros logo após a aplicação. Por isso deve ser feita com intervalos de pelo menos 15 dias e seguida de uma nutrição.

A nutrição vai devolver os lipídios, ou seja, a oleosidade natural aos fios. Perfeito para cabelos com frizz e desalinhados. Aqui, no lugar da máscara você pode optar também por uma umectação com óleos vegetais. Mas lembre-se que o óleo tem que ser puro e totalmente livre de parafina e silicone! Para s máscaras de nutrição, procure pelas que tem na composição tutano e manteigas (como karité, cacau, abacate, cupuaçu e muru muru). Para te ajudar a memorizar cada etapa do cronograma, temos um presentinho pra você:

Agora, qual a frequência ideal de cada tratamento e qual o cronograma perfeito pra mim? Bom, essa pergunta só você pode responder!

Circulam muitas tabelas de cronograma pela internet, indicando o número de hidratações, reconstruções e nutrições que você deve fazer. Mas, na nossa opinião, isso é muito individual e não vale a pena copiar o processo. Nossa dica é começar com duas hidratações, respeitando o seu tempo de lavagem do cabelo. Por exemplo: Se você só lava o cabelo 1 vez por semana, faça apenas uma hidratação por semana. Depois você pode fazer uma reconstrução e, na semana seguinte, uma nutrição. Aí é só observar os seus fios para entender se o processo deu certo ou não e o que os seus fios estão precisando no momento.

Ou passe aqui no Café Salão para que possamos conversar e montar um cronograma especialmente pra você!

3 finalizações perfeitas para você testar no seu cabelo cacheado

Postado na categoria Blog Bula Beleza


Além do corte e dos cuidados diários com hidratação, a finalização é uma estampa importantíssima para ter cachos perfeitos. Cada cabelo tem seus segredinhos, mas existem algumas técnicas que podem melhorar bastante a definição dos seus caracóis!

A Fitagem por exemplo é uma das mais famosas. Consiste em aplicar o leave-in mecha por mecha, deslizando os dedos no cabelo e formando “fitas” que vão se tornar cachos quando o cabelo secar. Depois de aplicar o creme com Fitagem você deve amassar os cachos e esperar sem mexer no cabelo até que ele fique totalmente seco. Depois de seco é só amassar para “quebrar” aquele efeito durinho do creme. Com vídeo é mais fácil de entender:

Uma outra técnica é o Rake and Shake, criado pela cabeleireira especialista em cachos Ouidad. Consiste em fazer uma fitagem até as pontas e, no final, dar uma balanceada nas mechas para que os cachos fiquem soltinhos e com volume. Veja como fazer:

Já para quem quer uma super definição, o Plopping pode ser a opção perfeita! Para fazer você vai precisar de uma camiseta de algodão bem velhinha e grande o suficiente para dar uma volta na sua cabeça. É só aplicar o creme, amassar e, com o cabelo molhado, colocar os cachos na camiseta e amarrar na cabeça. Espere de 15 a 30 minutos, solte a camiseta e pronto! É ótimo para quem está em transição e tem partes do cabelo que não consegue cachear. No vídeo dá pra entender melhor:

Uma dessas técnica pode ser perfeita para você e a melhor maneira de descobrir a melhor é… testando!

Se você quiser conhecer outras técnicas, aprender mais sobre leave-ins, finalização e dicas preciosas para cuidar dos seus cachos, venha para a nossa experiência “Cabelo, cabeleira, cabeluda, descabelada”! Vai ser amanhã, dia 07/05, aqui no Café Salão!

E se você quiser saber mais e tirar todas as suas dúvidas ao vivo, é só se inscrever na experiência “Cabelo, Cabeleira, Cabeluda, Descabelada” que vai rolar aqui no Café Salão no sábado, dia 07.05! Corra e garanta a sua vaga fazendo a inscrição neste link >>> http://bit.ly/1qTzD0u

Se você preferir também pode se inscrever ligando direto aqui para o Café Salão (3212-1655)





Conheça os tipos de cabelos e aprenda a cuidar de cada um deles

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Você já ouviu falar em cabelo 2C, 3A, 4B e ficou completamente perdida sem saber do que se tratava? Hoje vamos falar sobre essa tabela de classificação par ate ajudar a entender em qual grupo o seu cabelo se encaixa.

Mas pra que isso serve? Bom, apesar de não ser uma coisa muito precisa, ter uma noção de onde os seus fios se encaixam nessa classificação pode te ajudar a cuidar melhor deles!

Vamos lá?

Os cabelos do tipo 1 são os lisos. O 1A é aquele liso extremo, super fininho, sem volume, que a gente costuma ouvir que é “cabelo de bebê”. Não segura penteado, não modela, você arruma e daqui a pouco está super liso de novo. A dica pra esse tipo de cabelo é não usar nada que tenha óleo mineral, parafina ou produtos que pesem nos fios.

O cabelo 1B é liso, mas já tem um pouco mais de balanço. As pontas podem ter uma leve ondulação e geralmente é um cabelo fácil de lidar. Manter a hidratação e o corte em dia para fugir das pontas duplas é suficiente.

O 1C é aquele liso do fio bem grosso. E, por isso, mais rebelde. Ele arma com facilidade e muitas vezes as meninas se incomodam com o excesso de volume. É um liso que nunca está arrumadinho e a melhor maneira de lidar com ele é não forçá-lo a ser um liso extremo. Use mousse, spray salino e outros texturizadores para estimular as ondas e aproveite o volume! Cabelo volumoso é vida!

O cabelo do tipo 2 é ondulado. O 2A é aquele cabelo “capa de revista”, que parece o da Gisele Bundchen. Ele tem ondas marcadas e aquela cara de “fui à praia e voltei assim”. Muitas meninas que têm esse cabelo acabam fazendo alisamento porque não sabem lidar com esse tipo de fio. Elas pensam “ah, meu cabelo não é liso nem cacheado, não sei o que fazer”. Abandonar os alisamentos e reencontrar os fios naturais pode trazer uma linda surpresa!

O tipo 2B é aquele ondulado que começa a querer formar cachos. Quando estimulado, a tendência é que ele fique cada vez mais próximo do cacheado. Para isso você tem que tratá-lo como um cacheado e não como um liso! Não pode pentear seco, tem que usar leave-in e amassar com ele molhado deixando secar naturalmente. Fica lindo!

O tipo 2C já é bem próximo de um cacheado, mas ele forma um cacho com um formato de S e não um espiral completo. Opte por leave-ins que sejam leves e não pesem nos fios. Muitos cremes para cabelo cacheado são muito hidratantes e acabam deixando um cabelo 2C oleoso e sem volume.

Chegamos aos cabelos tipo 3, os cacheados. O 3A é aquele cacho que parece uma molinha. Um espiral completinho, bem redondinho. Os fios são finos e quebram com facilidade. Só desembarace o cabelo molhado e com creme! Depois de finalizado, espere secar e quebre o leave-in amassando os cachos.

O 3B tem o cacho bem formado, mas um pouco mais apertado que o anterior. Essa diferença vem do fio mais grosso, que deixa o cachos mais fechadinho. É um cabelo que funciona bem com fitagem e cremes um pouco mais hidratantes.

O 3C tem o cacho bem apertadinho e pequenino. É um cabelo lindo e você precisa perder o medo do volume para apreciar toda a sua beleza! Invista em um bom corte para esculpir os seus caracóis, não descuide da hidratação e seja feliz!

O tipo 4 é o cabelo afro e suas variações. São fios bem frágeis, que quebram com facilidade. Para crescerem fortes e sem quebra, precisam de muita hidratação e por isso os óleos naturais são seus melhores amigos! Também é bom se manter longe dos shampoos com sulfato, que agridem os fios e tiram a pouca oleosidade natural que esse cabelo tem. O 4A tem o cacho bem apertadinho. É um crespo que tem malemolência – você balança a cabeça e as mechas acompanham. Nem sempre dá pra fazer um black power porque as mechinhas crescem pra baixo. É um cabelo que “segura” bem os cachos e você consegue ter bons day afters se ele estiver forte e saudável. Por isso já sabe: hidratação, hidratação e mais hidratação!

O 4B tem as mechas em formato de zigue-zague, e o cabelo fica um pouco mais armado do que os fios do tipo 4A. Já dá pra explorar essa estrutura em cortes que deixem o cabelo mais pro alto, formando uma bela coroa para uma rainha crespa poderosa! Jogue o pente fora, você só precisa dos seus dedos para desembaraçar esse cabelo – sempre molhado, no banho, e com bastante condicionador. Finalize com leave-in e algumas gotinhas de óleo de coco!

O tipo 4C é o cabelo super crespo, que não forma cachos. Essa falta de definição não é um problema - muito pelo contrário! Com o corte perfeito você consegue explorar essa estrutura linda do cabelo afro, seja com um black power incrível ou com um comprimento mais longo formando uma moldura linda para o seu rosto. Assim como o 4B ele não precisa de pente e os produtos com base bem hidratante, como macadâmia e abacate, são os seus melhores amigos!

E aí, conseguiu identificar o seu tipo de cabelo? O mais comum é que a gente tenha vários tipos de ao mesmo tempo. Umas mechas mais crespas, outras mais lisas... O importante é ir conhecendo o seu cabelo aos poucos e aprendendo a cuidar dele.

E se você quiser saber mais e tirar todas as suas dúvidas ao vivo, é só se inscrever na experiência “Cabelo, Cabeleira, Cabeluda, Descabelada” que vai rolar aqui no Café Salão no sábado, dia 07.05! Corra e garanta a sua vaga fazendo a inscrição neste link >>> http://bit.ly/1qTzD0u

Se você preferir também pode se inscrever ligando direto aqui para o Café Salão (3212-1655)

 

 

A experiência “Cabelo, cabeleira, cabeluda, descabelada” foi um sucesso! Saiba como participar da próxima!

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Finalizar um cabelo crespo, cacheado ou ondulado nem sempre é uma tarefa fácil. Ainda mais se você passou há pouco tempo pela transição capilar e ainda não aprendeu a lidar bem com os seus fios naturais… Pensando nisso, o Café Salão em parceria com a Play is Cool organizou uma experiência incrível para as cacheadas de Natal, com muitas dicas e conhecimentos compartilhados. O evento aconteceu no ultimo fim de semana e as cacheadas colocaram a mão na massa para desvendar todos os mistérios do universo dos cachos!

Olha só esse antes e depois... Com os cuidados certos, a beleza natural do cabelo é realçada!

Se você participou da experiência, listamos aqui algumas coisas que falamos durante o nosso encontro, para que você guarde, não esqueça e continue cuidando do seu cabelo em casa:

Não existe só uma maneira de finalizar cabelos cacheados. A primeira coisa a se observar é o seu tipo de cabelo. Existem maneiras que funcionam melhor para fios finos, outras que dão certo em fios grossos, um jeitinho pra quem quer mais volume, outro pra quem quer menos volume… Algumas finalizações funcionam melhor para cabelos ondulados, outras para crespos e assim por diante. 

É muito difícil conseguir uma finalização incrível em um cabelo sem corte. Se os fios estiverem muito longos e pesados a gravidade vai puxar o cabelo pra baixo, impedindo a formação dos cachos. O Deva Cut, técnica de corte com o cabelo seco que fazemos aqui no salão, vai fazer um verdadeiro trabalho de arquitetura dos cachos, dando destaque à forma natural do seu cabelo. 

Prepare-se para um longo caminho de tentativa e erro até encontrar o leave-in perfeito pra você! Mas esses testes valem a pena quando você encontra o creme finalizador dos seus sonhos. A melhor maneira de encontrá-lo é ir testando. 

Existem mil e uma maneiras de finalizar os cachos. Amassando com o cabelo super molhado, usando toalhas de microfibra, fazendo Plopping, fitagem… Teste tudo, não tenha preguiça! Não vale finalizar sempre do mesmo jeito e reclamar que não funciona. Veja vídeos no Youtube, peça nossa ajuda, tente coisas diferentes… Em algum momento você vai encontrar a técnica certa! 

Por último mas não mesmo importante, cuide bem do seu cabelo! Para que o cacheado tenha uma boa finalização e “segure” os cachos, o cabelo precisa estar bem tratado. Então não esqueça de fazer hidratações semanais com máscaras específicas para as necessidades dos seus fios. Se você só cuida na hora de finalizar, eles nunca ficarão 100%. É por isso que é tão difícil finalizar um cabelo em transição. Quando você tem química nos fios, mesmo que seja só nas pontas, isso dificulta muito um bom resultado ao finalizar. Um cabelo saudável e hidratado permite boas finalizações e ótimos Days Afters!

E se você perdeu a primeira edição do encontro, não precisa ficar triste! Já temos uma nova data: Vai ser no dia 07 de maio, das 14h às 18h.

Corra e garanta a sua vaga fazendo a inscrição neste link >>> http://bit.ly/1qTzD0u

Se você preferir também pode se inscrever ligando direto aqui para o Café Salão (3212-1655) smile

 

Café Salão e Play is cool promovem experiência para quem quer aprender a cuidar dos cabelos cacheados

Postado na categoria Blog Bula Beleza




Quantas vezes você viu um cabelo crespo ou cacheado, lindo e bem cuidado, e pensou “Por que não consigo deixar o meu assim?”. Se você é do time que quer usar o cabelo natural mas ainda não aprendeu muito bem como lidar com ele, chegou a hora de tirar todas as suas dúvidas e aprender técnicas de finalização e muitos segredinhos especiais aqui no Café Salão!

No próximo dia 16/04, das 14h às 18h, vai rolar o nosso encontro “Cabelo, cabeleira, cabeluda, descabelada”. O evento é uma parceria nossa com a escola Play is cool.

O objetivo é fazer com que você consiga cuidar dos seus cabelos cacheados, obtendo resultados incríveis, com as experiências de aprendizagem da Play is cool. E tudo isso com você colocando a mão na massa, aprendendo todo o passo a passo!

O que Você vai aprender nessa experiência?
* Como escolher o corte ideal para cada tipo de cacho
* Como escolher os produtos certos e utilizá-los corretamente
* Como deixar os cachos saudáveis e naturais, sem utilizar tratamentos químicos
* Como deixar os cachos surrealmente lindos e incríveis
* Como fazer receitas caseiras para o seu cabelo
* Como classificar o seu tipo de cabelo * Como identificar a textura do fio do seu cabelo
* Como fazer a finalização do cabelo

As vagas são limitadíssimas, o curso custa R$ 50,00 e as inscrições podem ser feitas aqui >>> http://bit.ly/1RXi9fJ 

Te espero lá, hein!




Penteados retrô para quem curte o glamour old school!

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Nosso Café Salão tem um amor especial pelo universo retrô, como vocês já devem saber. A começar pelo nosso prédio, o icônico Edifício Bila, construído nos anos 40. Adoramos estar nesse espaço que guarda tantas história! O amor pela estética do passado também está refletido na decoração do salão, cheia de peças vintage garimpadas com muito amor por Nalva Melo.

E como bons amantes da cultura retrô, também adoramos os glamour old school dos looks que marcaram época. Hoje vamos falar de alguns penteados retrô para você se inspirar e sair por aí como uma Diva Pin-up!



O Beehive Hair tem esse nome porque “beehive” em inglês quer dizer “colmeia” e é assim que o cabelo se parece – uma enorme colmeia de abelha! E quanto mais alta a colmeia, mais sucesso fazia o look! O Beehive surgiu no final dos anos 50 e reinou durante toda a década de 60, fazendo a cabeça das atrizes de Hollywood. Brigitte Bardot se tornou um ícone do estilo, tanto que muita gente chama esse penteado de “cabelo Brigitte Bardot”! Nós amamos o beehive e achamos que ele continua sendo uma opção super glamurosa até hoje!

Sabe esses rolinhos usados nos penteados das Pin-ups? Eles têm nome e uma história muito interessante! Os Victory Rolls surgiram durante a Segunda Guerra, quando os homens foram para os campos de batalha e as mulheres foram ocupar o lugar deles nas fábricas. Na época, o penteado que todas usavam era o cabelo com ondas laterais cobrindo metade rosto, moda difundida pela atriz Veronica Lake. Acontece que o cabelo no rosto não era nada prático para trabalhar nas máquinas, então o governo americano fez um vídeo com a própria Veronica Lake, sugerindo penteados com os rolinhos para deixar o cabelo preso sem perder o glamour! O penteado ganhou o nome de uma manobra de avião – Victory Roll – e foi amplamente usado, tanto que se tornou símbolo de uma década!

A Bumper Bang é aquela franja “gordinha” também super característica das Pin-ups. Provavelmente o penteado surgiu como uma variação da franja curtinha e arredondada usada por Bettie Page. No passado as mulheres usavam esponja de aço para encher a franja e enrolar, mas hoje existem adereços próprios pra isso, que facilitam muito o trabalho! É bem fácil de fazer e o segredo é enrolar o cabelo para baixo, cobrindo a testa, e nunca pra cima! Fica ainda mais lindo arrematado com um lencinho na cabeça.

E aí, gostaram de saber a história desses penteados? Qual é o seu preferido?

 

Para pensar no fim de semana: Mais amor, respeito e tolerância

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Hoje vamos falar de um assunto que pode parecer diferente no nosso blog, mas que tem tudo a ver com o propósito do Café Salão. Nós trabalhamos com o bem estar das pessoas e acreditamos que isso vai muito além do físico. Queremos promover a beleza da diversidade, para que cada um se aceite e se ame como realmente é – e isso vai muito além da aparência. Passa pelo amor e pela tolerância consigo mesmo e também com os outros.

Que tal aproveitar o fim de semana de feriado para colocar as emoções em ordem, pensar positivo, exercitar a tolerância e o respeito? Muitas vezes a vida parece uma competição e cada um tende a procurar o melhor para si mesmo e assim conseguir cruzar a linha de chegada. Mas a grande beleza da vida é que, se todos procurarem o melhor para o grupo, essa linha de chegada fica mais próxima de todos. Trabalhando juntos, pensando no outro, praticando a empatia, tudo fica mais belo e o mundo se torna um lugar muito mais fácil.

Nós não sabemos as batalhas diárias de cada pessoa que cruza o nosso caminho, não sabemos com que tipos de problemas elas estão tendo que lidar. Então que tal ser mais amável com as pessoas? Muitas vezes uma palavra gentil muda o dia de alguém!

À medida que enviamos coisas boas ao universo e às pessoas que nos rodeiam, nós recebemos o mesmo de volta. E assim vamos construindo um tipo de bem estar sólido e duradouro: Aquele que dá brilho no olhar e deixa a pessoa bela de dentro pra fora.

Independente de crenças ou religiões, esse fim de semana pode servir como um repouso mental para exercitar bons pensamentos, perdoar, amar e melhorar a nossa convivência em sociedade.

Bom feriado e muito amor pra vocês!

Quem disse que os crespos não podem ser coloridos?

Postado na categoria Blog Bula Beleza

Uma das mudanças que temos observados com a – cada vez maior – aceitação dos cabelos naturais, é que os crespos coloridíssimos estão ganhado as ruas! Antigamente era bem mais difícil ver uma crespa ou cacheada tingir os cabelos de cores fortes por dois motivos: Primeiro porque os cabelos eram alisados ou relaxados e ficavam muito fragilizados, o que tornava impossível aplicar uma tintura. Segundo porque o cabelos crespo sempre foi socialmente reprimido – era preciso diminuir o volume, esconder, não chamar atenção…

E o grito de liberdade que passa pela transição e pelo Big Chop veio também com os crespos coloridíssimos que circulam por aí.

É uma forma de dizer que você pode tudo! Seu cabelo, suas regras! Mas você sabe quais são os cuidados básicos para entrar nessa onda sem agredir os fios?

Primeiro o seu cabelo deve estar livre de químicas alisantes. Se o fio for bastante escuro e você quiser uma tintura permanente, vai ter que descolorir pelo menos uma parte dos fios e eles precisam estar fortes e saudáveis!

Antes de tingir, aposte em um cronograma capilar com hidratação duas vezes por semana. Após a coloração, é hora de fazer uma reconstrução com queratina. Lembre-se que, após tingidos, é importante manter os fios sempre hidratados.

Essas cores mais vivas como azul, verde e os tons pastel ou “candy colors” estão em alta e são o sonhos de consumo das meninas que sonham com fios coloridíssimos. Para conseguir esse efeito é preciso descolorir os fios e apostar em uma tinta fantasia de cor pura. Para evitar que a cor desbote logo nas primeiras lavagens, é muito interessante aderir às rotinas No Poo ou Low Poo, que tiram o shampoo com sulfato da sua vida. A duração da cor pode ser prolongada meses!

Se você não quiser uma mudança permanente, existem sprays e tinturas laváveis no mercado, ótimos para fazer aquele visual de uma noite só! E antes de partir para a tintura total, sempre é interessante tingir algumas mechas para observar o resultado e se acostumar com a mudança.

E aí, se animou pra ter um cabelo e uma vida mais colorida? smile